Páginas

O BÓSFORO E OS PALÁCIOS DE ISTAMBUL: BEYLERBEYI / DOLMABAHÇE

O Estreito do Bósforo é um canal de 36 km que divide a Europa e a Ásia, e o trecho com a menor largura, que tem 700m, é onde ficam as duas fortalezas que guardavam Constantinopla. O Bósforo é utilizado para navegação de petroleiros, navios de carga e passageiros, e conecta o Mar Negro com o Mar de Mármara. A linda foto abaixo, tirada por satélite em 2004 pelo Observatório  da NASA, mostra bem como é esse famoso estreito.


Um programa indispensável em Istambul é o cruzeiro pelo Bósforo. É possível fazer esse cruzeiro por 2 ou 6 horas, pegando um dos ferries públicos que saem do porto de Eminönü (em frente ao Bazar das Especiarias).


No passeio de 6 horas o barco faz paradas em 6 portos dos lados asiáticos e europeus até a parada final em Anadolu Kavaği, na parte asiática, onde o barco fica por três horas e os turistas aproveitam para almoçar e conhecer o castelo de Anadolu no alto de uma colina de onde se avista o Mar Negro. Mas quem viaja com o pacote básico de passeios, provavelmente já o terá incluído em sua programação. Esse foi o nosso caso, e o passeio de dia inteiro foi realizado na ida de ônibus, com algumas paradas para visitação e almoço, e apenas na volta fizemos o trajeto de barco no Bósforo até Eminönü, onde chegamos com uma linda vista da cidade ao entardecer.


Na primeira parte de nosso passeio fizemos algumas paradas para apreciar a vista do Bósforo, mas a visitação mais interessante foi ao Palácio de Beylerbeyi (Beylerbeyi Saray), que foi construído em estilo europeu entre  1861-1865 pelo sultão Abdulaziz (é uma cópia em escala menor do Palácio Dolmabahçe), e se encontra na parte Asiática de Istambul, na margem do Bósforo.




Este era o palácio de verão dos sultões e por isso não existe  aquecimento em seu interior, as paredes são construídas de madeira, o chão é rusticamente coberto de uma palhinha egípcia, e não tem sequer uma cozinha própria, pois a comida era trazida do lado europeu de barco.


Sua fachada foi construída na face noroeste, o que faz com que seja mais fresco no verão já que recebe pouca luz solar direta. Ao redor do palácio uma área de 160.000  incluía área para caça, um zoológico e o jardim continha plantas de todo o mundo. Hoje esse jardim possui um agradável café para os turistas.






Os portões laterais de ferro são magníficos. Eles dão passagem para o cais, onde as embarcações antigamente paravam para abastecimento do palácio e transporte do sultão e seus convidados.




O video abaixo dá uma idéia de como é estar no cais à beira do Bósforo antes de entrar pelos portões laterais do palácio.

video

Apesar de ser utilizado apenas em algumas épocas do ano pelo sultão, esse palácio é muito luxuoso. São 2 andares com 24 quartos e é repleto de vasos e lustres de cristal em seus 6 salões enormes ricamente decorados. Infelizmente fotos de seu interior são proibidas, mas não resisti em mostrar o luxo de um de seus salões mais bonitos, o salão de festas, e então busquei a foto abaixo aqui


Após a visita ao palácio, a parada para o almoço foi feita no lindo prédio do Fuat Paça Hotel, que era um pequeno palácio que pertenceu a Kececizade Mehmed Fuat Pashaum importante ministro do império otomano no reinado do sultão Abdülaziz. 


Os salões são elegantes e o nosso almoço foi servido numa varanda envidraçada, um local muito agradável.



A refeição foi um tipo de mezze com pequenas porções de pratos típicos turcos. Muito bom!


Depois do almoço fizemos o retorno de barco pelo Bósforo. É um passeio muito bonito, e aproveitar a linda paisagem saboreando o tradicional chá turco servido no convés de um barco no estreito do Bósforo é delicioso!




Ao longo das margens do Bósforo pode-se apreciar uma maravilhosa mistura de passado e presente em suas construções. Há desde palácios e fortalezas às típicas yalis (casas de madeira, tradicionais tanto na arquitetura quanto na construção), mansões e monumentos, mesquitas e hotéis luxuosos.



Quase todas as casas têm ancoradouros com barcos privados e algumas têm piscinas, pois muitas são residências de verão, altamente valorizadas. 






Várias construções chamam a atenção. Uma delas é o Palácio Küçüksu  construído em estilo barroco e rococó do século XIX. 


Concluído em 1857, este pequeno palácio era usado pelos sultões para curtas estadas durante excursões ao campo ou expedições de caça, e por isso o palácio não incluía quartos no seu projeto original. Mais tarde, várias salas foram convertidas em quartos, quando foi usado para hospedar convidados do sultão e dignitários.



A Mesquita de Ortaköy não é grande como as demais, mas é linda por estar localizada à beira do Bósforo. Essa mesquita foi danificada várias vezes por causa de terremotos e por estar em solo frágil devido à proximidade do mar.



Uma construção impressionante é o Palácio de Ciragan, que hoje é um hotel 5 estrelas. Ele foi construído pelo Sultão Abdulaziz e, embora ele não tenha usado muito o palácio, pois se matou com uma tesoura em um dos aposentos, este serviu de prisão para o seu sucessor Sultão Murat V que era mentalmente doente e  foi deposto depois de 93 dias de reinado. 


O palácio também serviu de Câmara dos Deputados e Senado em 1908, mas foi destruído em 1910 por um fogo suspeito. Em 1986, após uma restauração, partes da construção original foram incorporadas ao luxuoso edifício de 315 quartos.


O atual Hotel Ciragan Palace Kempinski possui um serviço hoteleiro impecável, além do charme de ser vizinho de um dos mais belos  palácios de Istambul. Tem uma arquitetura imperial, escadarias e candelabros imponentes, possui uma piscina interior aquecida, piscina exterior, e um completo spa, incluindo um hammam. Apenas 12 suítes ficam no palácio propriamente dito, junto com os restaurantes e as áreas públicas. Todos os outros quartos ficam no anexo. Possui diversos restaurantes e lojas, e recebe ilustres hóspedes com diárias altíssimas. Foi lá que a famosa apresentadora americana Ophra Winfrey, em junho de 2009, fez uma festa para sua comitiva de 1.600 pessoas entre familiares e amigos, que com ela    fizeram um cruzeiro de 10 dias pelo Mediterrâneo a bordo do luxuoso navio Norwegian Gem. Apenas como curiosidade: essa viagem custou cerca de U$5400 por pessoa, um total inacreditável de U$8.6 milhões !!!! Não dá para acreditar, mas a notícia é verdadeira, saiu em vários jornais na Turquia. Mas vamos voltar ao nosso modesto mundo real...

Sem dúvida a visão do Palácio Dolmabahçe rouba a cena! É majestoso, fantástico, e retornamos outro dia para conhecê-lo de perto.



Esse palácio otomano foi construído entre 1843 e 1856 no declínio do Império Otomano, na tentativa de trazer de volta o prestígio que o império vinha perdendo. Os sultões acharam que a melhor maneira para isso seria seguir o estilo europeu e então o sultão Abdülmecid I contratou uma família armênia chamada Balyan para construir um palácio de mármore luxuoso e ricamente decorado.


O palácio se encontra no bairro de Besiktas, na margem do Bósforo, e é imenso. Chegar lá é muito fácil: é só pegar o trem (tramvay) até a estação Kabatas e de lá seguir a pé na mesma avenida, margeando o Bósforo, até a entrada principal do palácio. Para visitá-lo, e não pagar caro por isso nas agências de viagem, a dica é chegar bem cedo, antes que os ônibus de excursões cheguem e as filas fiquem enormes. Foi o que fizemos: chegamos por volta das 8:30 horas (abre à 9:00 horas) e compramos nosso ingresso sem problemas. Tudo é bem organizado e um guia do palácio acompanha os visitantes, mostrando e explicando com eficiência todas as áreas internas visitadas. A entrada onde se compra o ingresso é uma estrutura enorme e já dá idéia da grandiosidade do palácio. 



E já na entrada tivemos a oportunidade de ver a guarda do palácio em formação.

video

A torre do relógio é linda e imponente.


A segunda entrada vista pelo lado de dentro.


Os jardins do palácio são muito bonitos e enormes já que o palácio foi construído numa área de 200.000 m², assim como é linda a vista dos portões laterais que se abrem para o Bósforo, e serviam antigamente como passagem até as embarcações ali fundeadas.




São sete portões como esses e mais dois laterais, um dos quais muito bem decorado.



No video abaixo pode-se ver a entrada do prédio principal e seus jardins. E lá vem a guarda outra vez!

video

O edifício principal tem uma planta em forma de L com 600 m. de comprimento só na ala principal que está paralela ao mar. 



Na foto abaixo aparece um mapa do palácio onde podemos observar suas principais áreas.


À esquerda fica a entrada (onde estão as bilheterias) que dá num lindo jardim circular que tem uma fonte ao centro (Selamlik Bahçesi)


O prédio está divido em duas partes: a oficial (em rosa) e o harém (em amarelo). O interior do palácio é deslumbrante, mas infelizmente as fotos são proibidas.
São 46 salas públicas e privadas suntuosamente decoradas, 285 quartos, 68 banheiros e 6 hamman . Um dos quartos da ala oficial pertencia ao sultão Abdulaziz e sua cama foi feita sob encomenda para acomodar seus 150 quilos.
O harém, com suas suntuosas portas de ferro, que está ligado ao palácio e fica perpendicular ao mar, também possui vários salões e suítes finamente decorados.
Todo palácio é maravilhoso, mas fiquei particularmente  impressionada com dois locais que merecem fotos: o salão vermelho com sua escada de cristal e o salão do trono.



A escadaria de cristal Baccarat e bronze com corrimão de mogno encerado é fantástica e está no salão vermelho (no mapa: selamlik). Cinderela deveria ter descido essa escada, não acham?


A magnífica sala do trono com seu salão de cerimônias (no mapa: Muayede Salonu), tem mais de 2.000 m² e um enorme lustre de cristal de 5,5 toneladas em seu centro, presente da Rainha da Inglaterra. Por causa do seu imenso tamanho, o aquecimento deste salão era iniciado três dias antes de uma festa.


Atatürk, o fundador da República Turca, morou neste palácio por três meses, vindo a falecer no mesmo. Não acerte seu relógio com nenhum dos relógios do palácio, pois todos eles mostram a mesma hora, 9.05 da manhã, hora em que Atatürk faleceu em seu pequeno quarto. Pode-se visitar o seu quarto particular e seu escritório: é um espaços simples, símbolo de um homem que trabalhou e viveu por seu país.


Ao sul do palácio fica a Mesquita do Dolmabahçe, que foi encomendada por Bezm-i Âlem Valide Saultam Camii, mãe do sultão Abdülmecid, e concluída em 1855.


É uma mesquita pequena mas muito bonita, bem decorada e construída em estilo barroco. Dois andares foram construídos na parte frontal, onde o sultão e estadistas podiam realizar suas orações. O projeto circular das janelas é raramente visto na arquitetura das mesquitas e dá a ela um design diferente.






Quando entramos na mesquita estava acontecendo um serviço religioso e tivemos de ficar na ala separada reservada às mulheres. Só que de lá não tinha como assistir a cerimônia. 


Então, disfarçadamente, consegui me posicionar de tal forma que pude apreciar tudo, e aproveitei para gravar o vídeo abaixo. A cena nem sempre está bem enquadrada, porque eu apenas liguei a máquina no colo sem olhar para o visor, mas mesmo assim espero poder dividir com todos esse momento diferente e incrível.  

video









19 comentários:

  1. Oi Christina, eu vou pra Turquia agora fim do mês...queria uma dica, por favor....sabe se, eles implicam com mulher de bermuda (no joelho) para visitação às Mesquitas...etc? Eles são rigorosos com isso? Cobrir cabeça...etc...obrigada! dlourenzo@uol.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toda mulher que entrar em uma mesquita tem de colocar um véu na cabeça e cobrir os ombros. Por isso é bom levar um xale na bolsa. Aproveite e compre uma pashimina na Turquia: são lindas e baratas! Quanto à roupa, se sua bermuda for discreta e comprida, não terá problemas, mas prefiro não arriscar e por isso só usei calça comprida. Evite também roupa decotada. Se usar cubra o colo e ombos. Nas mesquitas mais visitadas sempre tem uma pessoa na entrada para orientar, e eles tem também véu para emprestar caso esqueça o seu, mas duvido que queira usar...ah, e todos também têm de tirar os sapatos que em geral são carregados com você em saquinhos plásticos que eles entregam, ou em algumas mesquitas, são colocados em prateleiras na entrada. Boa viagem!

      Excluir
  2. ah mto obrigada por todas as dicas!!! dlourenzo@uol.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Christina,
    Estou indo a Istambul em Setem. ficaremos 7 dias por conta de um congresso, estou meio dividida do que fazer.
    Faremos dois dias na Capadocia (antes de chegar a Istambul) e lá teremos doi ou tres dias para uma day trip, poderia me dar alguma dica? Ephesus? Troia? Passeio pelo Bosphoro?
    Sabe quala empresa fez o passeio de vcs? Adorei a idéia de ir parando e voltar de barco!!!!!!
    Obrigada pelas dicas maravilhosas!!!!!
    abraços Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você vai ter 2 dias na Capadócia (como você chegará lá, via Ankara? E seu avião do Brasil, não parou em Istambul antes? Não entendi bem isso) você provavelmente vai usá-los para conhecer a região. Para conhecer Éfeso, que eu sugiro conhecer no mesmo dia de Pamukkale que é lindo, você vai precisar de mais 1 dia. Tróia é dispensável. Agora, o passeio do Bósforo você só vai fazer quando estiver em Istambul. Você pode fazer um passeio de 3 ou 6 horas, mas é só pelo rio próximo à cidade. Essa idéia de ir parando e voltar de barco eu não entendi: voltar de onde? Dê uma olhada nos mapas e roteiros em que mostro todos esses locais. A Capadócia é muito distante de Istambul, fica no interior do país, e eu aconselho que você vá até lá de avião para ganhar tempo. O roteiro que fiz eu já saí com ele comprado daqui do Brasil, e foi muito bom, mas para fazer tudo (Éfeso/Pamukkale/Capadócia), você precisa de uns 4 a 5 dias, além dos 7 dias que estará em Istambul no Congresso. Agora, se você só tem os 7 dias para fazer tudo, sugiro que você fique apenas em Istambul, não dá para conhecer tudo em tão pouco tempo.
      A operadora que fez o meu pacote na Turquia foi a VL Tour - www.vltour.tur.br
      Fale com o Denis - tel: (11) 30573686 - denis@vltour.tur.br
      Caso eu não tenha solucionado suas dúvidas, entre em contato. Boa viagem!

      Excluir
  4. Olá Christina! Vou para istambul em setembro e estou com alguma dificuldade em encontrar um hostel/hotel (não muito caro, mas com boas condições). Será que me pode ajudar? Qual o melhor bairro para ficar?

    Obrigada pelas dicas, vão ser muito úteis!

    Marta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marta
      Eu não fiquei em hostel, mas em hotel mesmo, no Nippon Hotel http://www.nipponhotel.com.tr/
      Esse é um hotel com ótimo custo benefício, tem um café da manhã muito bom, e os atendentes são muito simpáticos e solícitos. Está bem localizado perto da praça Taksim, ou seja, perto do metrô e da melhor rua comercial de Istambul (a Istiklal Caddesi), ou seja, de lá você tem condução para qualquer lugar e está perto de lojas e restaurantes. Acho esse bairro (Taksim) um dos melhores para se ficar em Istambul. Outro bairro bom para se hospedar e que fica próximo a Taksim é Beyoglu, e tem ainda um outro bairro muito procurado pelos turistas que é Sultanahmed, porque concentra a maior parte das atrações.
      Istambul é uma cidade que tem muitos hotéis, não vai ser difícil você achar um local bom para ficar, mas para facilitar sua vida, dê preferência para os que estão nas proximidades do metrô/trens.

      Excluir
  5. É fascinante estar entre a Europa e a Asia...o mistico e o ocidental sem conflitos esta é a Turquia,herdeira do Império Otomano, em que a Catedral Santa Sofia (Constantinopla) construida por Imperador Constantinom foi a primeira séde do Catolicismo, depois tornou-se a Igreja Ortodoxa Turca, tomada pelos mouros e hoje uma das maiores mesquitas do planeta, da religião : Islamismo!...

    ResponderExcluir
  6. Olá Cristina! Gostei muito das suas dicas.
    Você pode me dizer qual empresa você usou para fazer o passeio pelo Bósforo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou ficar devendo essa dica pra você...Esse passeio já estava previsto no meu pacote turístico e confesso que não prestei atenção ao nome da empresa. Mas como não gosto de deixar meus leitores sem dicas, aí vai:
      O passeio ao Bósforo você pode fazer por conta própria, compra na hora no cais que fica em frente ao Bazar das Especiarias (estação Eminonu). Vale a pena durante o dia!
      Olhe no mapa a localização geral das empresas:
      https://maps.google.com/maps/ms?ie=UTF8&hl=en&msa=0&ll=41.016409,28.974874&spn=0.004647,0.007671&z=17&msid=109635318137116433880.000483146bdf2357142b4
      São várias companhias, mas algumas têm barcos melhores e mais confortáveis, como a Turyol (veja os horários). São tours de 1 hora e meia (não precisa mais do que isso):
      http://www.turkeytravelplanner.com/go/Istanbul/Sights/Bosphorus/turyol.html
      Olhando para a ponte Gálata, os barcos dessa cia ficam no cais à esquerda da ponte, o número 2 no mapa:
      https://maps.google.com/maps/ms?ie=UTF8&hl=en&msa=0&msid=201846936216359053382.0004833cf2039bbc0a36e&source=embed&t=m&vpsrc=0&ll=41.01925,28.975153&spn=0.009714,0.012875&z=15From:

      OK? Espero ter ajudado. Bom passeio!

      Excluir
    2. Muito Obrigada! Ajudou muito!

      Excluir
  7. Olà , boa noite!
    Estive no mês de junho na Turquia seU blog me ajudou muito!
    agora que fui e voltei para contar .... rs Sugiro um post sobre o estreito do bosforo:

    http://100dimensoes.blogspot.com.br/2013/08/o-estreito-do-bosforo-entre-historia.html


    obrigada
    Josimara 100DIMENSÕES

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Josimara
      Obrigada pela visita e pela referência ao meu blog na sua postagem sobre o Bósforo. Também gostei muito dos seus comentários, das fotos, mas adorei particularmente a postagem sobre os locais paradisíacos da Turquia. Nossa! Preciso voltar lá!
      Christina

      Excluir
  8. Olá Christina! Maravilhoso seu blog!! Farei um cruzeiro de 7 dias, e ele para em Istambul por 10 horas. Vale a pena fazer o passeio de Bosforo, ou é melhor gastar este tempo para conhecer a cidade por terra? Vale a pena aquele Bus hop on hop off, que passa pelos lugares em terra e vai até a ponte de bósforo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, não sei seu nome, mas bem vindo (a) ao blog!
      O ano passado eu voltei para Istanbul por 1 dia, da mesma maneira que você, meu navio fez escala lá. Que delícia, aproveitei pra matar a saudade e mostrar um pouco da cidade para o meu marido que ainda não tinha ido até lá. Como pode imaginar 1 dia é pouquíssimo para uma cidade tão interessante, mas dá para você ter uma idéia de como ela é e programar para voltar com mais tempo.
      Acho bobagem você fazer o passeio pelo Bósforo, o melhor é tentar conhecer um pouco da cidade. Também não aconselho pegar o ônibus sobe/desce porque o transito de Istambul é um caos e vai ficar muito tempo parado. O melhor e mais rápido é se deslocar usando o trem de superfície, espécie de bonde. Quando sair do porto vire à esquerda e desça a pé a avenida principal onde esses bondes passam. Vai descer um pouco até próximo da ponte Gálata, onde tem o ponto do trem. A passagem custa 3 liras turcas. Vá de bonde até a estação Sultanahmed, que é onde estão as principais atrações. Desça e visite a Hagia Sofia e a Mesquita Azul. Como as filas são grandes vai demorar um pouco pra visitar as duas. Saindo de lá volte a pé pela mesma rua dos bondes e vá conhecer o Palácio Topkapi. É um palácio bem grande, terá de ser rápida na visitação. De lá pegue novamente o bonde na mesma rua e continue voltando. Desça na estação Eminonu. Você verá à frente uma praça: do lado esquerdo pode visitar a Mesquita Nova, e no meio da Praça está o Bazar das especiarias. Estou sugerindo visitar esse bazar porque ele é menor que o Grande Bazar, e está no seu caminho, terá tempo de visitá-lo. Eu particularmente acho esse bazar mais legal. Se estiver com fome tem um restaurante ótimo neste mesma praça no número 17: **Hamdi Et Lokantası
      Serve um kebab de pistache muito bom, e tem também um ótimo meze (você pode escolher a porção que quiser). Aproveite para experimentar a cerveja turca, é boa. E ainda tem a baklava, sobremesa tradicional,que é excelente. O restaurante ocupa quatro andares, mas o último é o mais bonito, com um terraço envidraçado que oferece uma vista linda para o Bósforo e Beyoglu.
      Por último resta voltar ao navio e você pode fazer isso a pé. Atravesse a ponte Gálata, aprecie a vista, os pescadores, veja os restaurantes embaixo da ponte (cuidado, todos ruins) e os grandes barcos enfeitados que vendem o tradicional sanduíche de peixe (pode ser uma opção rápida e barata para lanche). Quando estiver na ponte verá os navios atracados no cais, então é só seguir em frente até a entrada do porto. Se conseguir fazer tudo isso terá aproveitado muito a cidade. Se achar que não vaí dar tempo para tudo, deixe de ir ao palácio Topkapi e aproveite com menos pressa as outras atrações. Eu consegui fazer tudo isso que te falei, mas eu conheço a cidade, então é mais fácil. espero que goste de Istambul e volte depois!
      Apenas uma observação: tente trocar um pouco do seu dinheiro (euro ou dólar) por lira turca antes de comprar a passagem de trem ou qualquer compra por lá, e também não volte com liras turcas no bolso, não vai conseguir trocar aqui no Brasil.

      Excluir
    2. Nossa! Muito obrigada! Já estava decidida a pegar o bus.. Maravilhosas suas dicas! Na volta darei um olá pra contar como foi..

      Excluir
  9. Christina, o que você acha do roteiro que montei abaixo para um dos 3 dias que passarei em Istambul (Ja coloquei um dia todo dedicado a zona Sultahnamet).

    8:30 - Palacio Dolmahbace
    10h - Mesquita Nova
    11:30 - Bazar de Especiarias
    13h - Almoço
    14h - Cruzeiro Bosforo (6h)
    20h - Ponte Galata (Ao entardecer, pois irei no verão).

    Obrigada :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É ótimo você chegar cedo ao Dolmahbace assim conseguirá fazer a visita num dos primeiros grupos, só que a visita só começa às 9:00hs e vai sair de lá por volta das 10:00hs no mínimo, ou seja, não conseguirá manter os demais horários do jeito que imagina. De lá, pegando o trem de superfície é só descer na estação Eminonu e estará perto das demais atrações. A visita à Mesquita Nova é rápida, já no Bazar das Especiarias vai levar mais tempo, tem muitas lojas interessantes pra ver. O passeio ao Bósforo pode ser de 2 horas (não há necessidade de fazer um passeio maior que isso). Assim terá tempo para outras atrações. Então sugiro o seguinte:
      8:30hs: PALÁCIO DOLMAHBACE
      - MESQUITA NOVA
      - BAZAR DAS ESPECIARIAS
      - Almoço * - Sugestão: HAMDI RESTAURANT: Tahmis Caddesi Kalçın Sokak No.11 (fica ao lado do Bazar das Especiarias)- escolha uma mesa no último andar que é o mais bonito com uma vista linda para o Bósforo. O restaurante tem boas mezes e um ótimo Kebab. De sobremesa a Baklava é ótima
      - 14:30hs: (chegue 30 minutos antes para garantir o ingresso)- CRUZEIRO NO BÓSFORO (de 2 horas)- Uma das principais empresas é a Sehir Hatlari: passeio curto de 2 horas que custa TL 15 (é melhor incluir o guia em áudio)
      - PONTE GÁLATA - A ponte em si não tem nada demais, apenas uns restaurantes embaixo (muito ruins, não recomendo) e quando anoitece os barcos iluminados vendem sanduiche de peixe,mas nada imperdível, então nem precisa perder muito tempo por ali. É melhor você apenas atravessar a ponte para acessar outra atração imperdível:
      - TORRE GÁLATA (fecha às 20:00hs): do final da ponte Gálata a caminhada até a torre pode parecer confusa pelas ruas íngremes, mas leva só 10 minutos. Sobe-se ao terraço por um elevador e de lá veja um pôr-do-sol perfeito tendo Istambul aos pés em 360º. É lindo! Existe um restaurante no alto da torre, não recomendo, é pega turista. Ao descer da torre você pode ir para outro lugar ali perto:
      - RUA ISTIKLAL CADDESI: é um grande calçadão onde não passam carros, só um antigo e charmoso bondinho. É uma rua muito animada, com várias lojas bares e restaurantes, lotada até tarde da noite. Pode-se pegar o bondinho para ir e vir pela rua (como estará cansada, sugiro pegar o bondinho para subir em direção à Praça Taksim e de lá descer a pé para apreciar a rua. Sugestões de restaurantes para jantar na Istiklal:
      Ist Café
- Istiklal 6 - fica numa das primeiras esquinas para quem desce a avenida partindo da praça Taksim. O cardápio é bem variado, com opções de sanduíches, salgados e pratos, como massas e carnes, além de cafés e doces. Os preços são bem atrativos.
      Saray – Istiklal Caddesi, 102 – Pratos rápidos e deliciosos doces e sobremesas turcas. Imperdível!
      Sultanahmet Köftecisi
- Istiklal Caddesi 166 – Este restaurante possui várias unidades em Istambul. É uma ótima opção para quem e comer bem e barato. O ambiente é grande e bem descolado.
      Çiçek Pasaji (Passagem das Flores) localizada na Istiklal Caddesi altura do 172, é uma galeria com vários cafés e restaurantes e seguindo em frente sai num mercado de peixes. A comida em geral é muito boa, basta escolher aquele restaurante que lhe for mais atraente.



      Excluir
    2. Gabriela, desculpe, fiz um erro quando escrevi o roteiro acima que te sugeri. A sugestão correta é a seguinte:
      8:30hs: PALÁCIO DOLMAHBACE
      - MESQUITA NOVA
      - *ALMOÇO
      - 14:30hs: TOUR NO BÓSFORO
      - BAZAR DAS ESPECIARIAS
      O restante é igual. A colocação do Bazar depois do tour no Bósforo é porque você vai demorar neste bazar e não teria tempo suficiente para almoçar, visitar o bazar e chegar em tempo para o tour. Ok?
      Outra coisa: caso já tenha colocado em seu roteiro nos outros dias a ida à Torre Gálata e à rua Istiklal, você poderá conhecer outro lugar depois do Bazar:
      - MESQUITA DE SULEYMANIYE – (fecha às 19h). Para chegar tem 2 opções:
      1- Do Bazar das Especiarias, contorne a praça à direita, peça sempre indicação do caminho a seguir e vá subindo a pé pelas ruazinhas estreitas de comércio popular e cheias de compradores. Fiz e gostei dessa opção. Embora seja uma subida, não cansa pois para-se um pequenas lojas no caminho.
      2- Da praça em frente ao Bazar pegar um taxi até a mesquita.
      É a maior mesquita de Istambul, grandiosa, muito bonita, construída na colina mais alta da cidade. Vale a pena conhecer.
      Qualquer dúvida estou à disposição. Boa viagem!

      Excluir